Como usar lenço/cachecol

Peças são ótimas opções para 
personalizar, e dar um colorido no 
visual. Curingas para todas as 
estações, os lenços podem ser 
amarrados na cintura, como cinto, na 
cabeça, e principalmente, no pescoço. Se ventar muito, ou chover, dá para 
amarrar no cabelo; e se esfriar, dá 
para usar no pescoço. Se esquentar, 
vale amarrar no passante da calça 
como se fosse cinto.  

Na hora de escolher, prefira os 
quadrados - que são mais fáceis de 
adaptar - feitos de tecidos com 
caimento leve, e tamanho 
proporcional. Isso evita volume extra. Por isso, também é preciso ter cuidado para não destacar o que não se quer: lenço no pescoço pede brincos discretos, e quem tem seios fartos deve evitar lenços nessa altura. O mesmo vale para quadris e pescoço. 

Seja criativa nas amarrações. Variando as possibilidades, você tem combinações infinitas de visuais. Dá para amarrar na frente, atrás, e até do lado. Adote as pontas soltas, para alongar o tronco. Aposte no laço, para dar um ar elegante, aos decotes profundos. Quanto às echarpes, use-as enroladas, sempre folgadas, e nunca justas ao pescoço. Abaixo, algumas sugestões de como usar lenços, echarpes e cachecóis: 

Na cabeça: Transformados em faixas, lenços e echarpes podem segurar o volume da franja, cobrir completamente os fios no frio, ou servir como tiara. Deixe as pontas da echarpe soltas, caindo sobre os ombros, para garantir uma silhueta longilínea. Para fazer a tiara, apoie um lenço fino e comprido na nuca, e cruze as pontas no topo da cabeça, ou faça uma faixa, enrolando um modelo quadrangular. Amarre-as atrás do pescoço. Você também pode juntar as pontas do triângulo, com a amarração para cima, num visual pin-up. Outra maneira charmosa é enrolar a echarpe levinha, como se fosse um turbante estreito, com o laço na frente.

Na cintura: Dobre-o até transformá-lo em uma faixa, ou enrole fininho e passe pelo cós, e prenda na lateral. Outro detalhe que dá um charme extra é fazer um nó no centro, como se fosse uma fivela de cinto. Se preferir, use cinto por cima, mas sempre escondendo as pontas do lenço. 

Na bolsa: Dê um colorido às suas bolsas, fazendo um nó simples, em uma das alças. O tamanho do lenço deve ser proporcional ao do acessório, para as pontas não ficarem longas demais. A amarração é indicada em viagens, com mudança de temperatura. Além de enfeitar, deixa uma saída para o frio sempre à mão. 

No pescoço: 

• Feito gola: Faça um triângulo com o lenço no colo, e dê o nó atrás do pescoço. Use sobre camisas, por baixo de paletós, com camiseta ou regata. 

• Étnica: Com um lenço quadrado grande, forme o triângulo no colo, mas dê duas voltas e amarre-o de volta na frente, por cima da peça. Essa amarração é muito usada no lenço tradicional palestino, com grafismos e franjas. Por criar volume no busto, é indicada para mulheres de seios médios ou pequenos. 

• Delicada: Dê um nó de gravata, bem justo, na echarpe, e amarre as pontas na nuca. Outra opção é enrolar um modelo retangular, fazendo uma espiral. Envolva o pescoço com três voltas, e finalize com um nó atrás do pescoço. As echarpes de tecidos leves, como musselina e chiffon, não criam volume. Por isso, podem ser usadas com as pontas soltas, apenas com um nó de lado, para que não pareça uma gravata. O laço mais volumoso é a versão mais romântica. Feito de tecidos nobres, como seda e cetim, ele encara até festas informais e baladas. 

• Quentinha: Cachecóis mais compridos podem ser usados dobrados ao meio, com as pontas presas dentro dele mesmas, ou enrolados no pescoço, com as pontas para frente, para trás, ou uma de cada lado. Os mais curtinhos podem ser amarrados, como uma gravata justa no pescoço, e vão bem dentro de decotes e casacos. 


Betty Ziade
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário