Cônsul-Geral Adjunto no Líbano assumirá Embaixada no Sudão

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil está promovendo uma troca de cargos entre diplomatas que atuam no Oriente Médio e no Norte da África. 

No último mês, o Itamaraty anunciou que o governo do Sudão concedeu  autorização para que o Ministro, Luiz Eduardo de Aguiar Villarinho Pedroso, assuma a Embaixada do Sudão, em Cartum. 

Ministro Pedroso é Cônsul-Geral 
Adjunto em Beirute, o segundo posto na hierarquia do Consulado Geral do Brasil em Beirute.

De acordo com a Constituição, 
Pedroso será sabatinado pelo Senado, passará por duas sabatinas – na Comissão de Relações Exteriores e em Plenário – antes que seu nome seja aprovado. 

Se isso ocorrer, o Legislativo envia a aprovação para a Presidência da República, que anuncia o novo embaixador, por meio de decreto.

 Após a publicação do decreto o diplomata assume o novo posto. De acordo com o Itamaraty, não há um prazo preestabelecido para a publicação do decreto, as sabatinas dependem da agenda do Senado.

Enquanto Pedroso não assume o posto, Antônio Carlos do Nascimento Pedro continuará como titular da Embaixada do Brasil em Cartum, cargo que assumiu em 2009. Posteriormente, e depois seguirá para a Embaixada do Brasil no Kuwait, onde substituirá Roberto Abdalla, que até o momento não está com novo posto definido.

A troca de embaixadores é prática comum, os diplomatas ficam em média, de dois a quatro anos no cargo, antes de serem designados para outras missões, segundo o Itamaraty.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute

Fonte: Operamundi 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário