Holambra/SP – A Cidade das Flores


Localizada na região metropolitana de Campinas, há 140 km da capital paulistana, e com cerca de 10 mil habitantes, Holambra é um município do interior do estado de São Paulo, com um dos mais altos índices de qualidade de vida de todo o Brasil. A cidade de apenas 15 anos de emancipação, é uma estância turística da região, e conhecida nacionalmente, como Cidade das Flores, em virtude de sua competência inconfundível na produção e comercialização de flores, plantas e acessórios, com tecnologia de ponta, e melhor know-how técnico do mundo no setor.

Conhecer Holambra é se permitir passear por um pedacinho da Holanda dentro do Brasil, onde a estância oferece ao turista a oportunidade de conhecer e conviver com a cultura de um povo amistoso, trabalhador, e zeloso por suas tradições, que são repassadas às novas gerações, através da dança, da religiosidade, trajes típicos, costumes e gastronomia.

O cenário de Holambra encanta, com sua decoração interna e externa das casas, placas indicativas e nomes de ruas e alamedas arborizadas, arquitetura típica, moinho, artesanato típico, como os famosos tamancos de madeira, as lindas tulipas, símbolo da comunidade holandesa, e os milhares de campos flores que enchem os olhos de qualquer um que visita a charmosa Holambra. 

Todos os pratos da culinária holandesa podem ser encontrados nas confeitarias, cafés e restaurantes típicos instalados na cidade; tudo ricamente decorado, com objetos e cores da Holanda, mas para quem procura outros sabores, a cidade também oferece outros estabelecimentos ecléticos. 

Para quem não resiste em fazer compras, a estância oferece diversos e variados estabelecimentos, muito elegantes e charmosos, onde podem ser encontrados souvenires típicos holandeses dos mais diferentes tipos e tamanhos, e certamente, uma infinidade de flores e plantas das mais diversas espécies e cores. 

A Cidade das Flores oferece ainda, durante todo o ano, diferentes opções de lazer permanentes, à disposição para todas as idades e tipos de público. Dentre as atrações da cidade, destacam-se: Museu Histórico e Cultural de Holambra, Passeios de cavalo, Trilhas em matas fechadas, e campos de flores. Visite o Moinho dos Povos, o Rancho da Cachaça, o Sítio Estrela do Leste Arurá, a Schornstein (filial de uma cervejaria catarinense que oferece 6 tipos de cerveja artesanal), o Parque Lindenhof (um sitio com com cerca de 600 animais treinados para comer na mão das crianças, além de borboletário, viveiro, e belas estufas de flores)


História:
Em 1948, no final da Segunda Guerra Mundial, várias famílias de lavradores holandeses, através da Organização dos Lavradores e Horticultores Católicos da Holanda, entraram em contato com o governo brasileiro, para comprarem a Fazenda Ribeirão, pertencente ao grupo norte-americano Armour. Através do projeto de colonização agrícola, coordenado pela Cooperativa Agropecuária Holambra, os imigrantes, acabaram criando uma próspera e independente comunidade, que acabou sendo elevada à categoria de cidade, em 1991. 

As primeiras tentativas, de criar o famoso gado holandês, não deram certo em função de vários fatores. A agricultura, que era a proposta original, esbarrou na falta de orientação, e adaptação das culturas escolhidas, principalmente a batata. Mas nada lhes tirava a determinação de vencer, e as coisas começaram a mudar a partir da implantação de uma fábrica de ração, e do abatedouro de aves, que regularmente tinham que ser ampliados para atender a demanda. O mesmo ocorreu em relação à venda de ovos, e a produção de frutas cítricas, que proporcionaram bons rendimentos durante algumas décadas.

Mas a sorte da colônia mudou definitivamente a partir dos anos 60, com a iniciativa do plantio de flores, por meio da importação da tecnologia vinda da Holanda, e suas técnicas especiais de plantio e cultivo, como a produção em estufas. Com isso, a produção local de flores e plantas atingiu níveis de qualidade altíssimos, semelhantes ao europeu, e conquistou definitivamente todo o mercado brasileiro. Desde 1981, anualmente, durante o mês de setembro, a cidade realiza a Expoflora, a maior Festa das Flores da América Latina, que recebe cerca de 280 mil visitantes a cada ano. 

A 32ª edição da Expoflora começou no ultimo dia 30 de agosto, e vai até o dia 29 de setembro, sempre de quinta a domingo, das 9 às 19hs. Há muitas atrações durante a feira, a começar pelos preços camaradas das flores e plantas ornamentais, barracas de doces e pratos típicos, shows de dança folclórica, desfile de carros alegóricos e Chuva de Pétalas, feita com 18 mil rosas. 

Durante a Expoflora, as fazendas de cultivo de tulipas, rosas e crisântemos permitem que os turistas cheguem mais perto das plantações, o tradicional city tour às estufas, roseirais e campos floridos, podem ser percorridos a pé - ao contrário do restante do ano, onde os passeios são feitos em vans e as paisagens são observadas de dentro do automóvel. Para maiores informações sobre a programação acesse: http://www.expoflora.com.br/ 





Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário