Nadine Labaki


Ela obteve a licenciatura em Estudos Audiovisuais na Universidade Saint Joseph, em Beirute, dirigindo seu filme de graduação, “11 Rue Pasteur”, em 1997, que ganhou o Prêmio de Melhor Filme Curta, na Bienal do Cinema Árabe, no Instituto do Mundo Árabe, em Paris. Em 1998, Labaki participou de um workshop em atuar no Cours Florent, em Paris, e passou a anúncios diretos e vídeos musicais, de renomados cantores do Oriente Médio, para o qual ela ganhou vários prêmios.

Como diretora:
Em 2005, ela participou do Festival de Cannes Residence, a fim de escrever “Caramel”, seu primeiro longa-metragem. Em 2006, ela passou a dirigir e interpretar um dos papéis principais em Caramel, que mostra a Beirute que a maioria das pessoas não estão familiarizadas. 

Ao invés de lidar com questões políticas que assolavam o Líbano, ela apresentou uma comédia que tratava de cinco mulheres libanesas, que viviam em Beirute, e se reuniam em um salão de beleza, e como lidar com questões relacionadas ao amor, sexualidade, tradição, decepção, altos e baixos, todos os dias. 

O filme estreou na Quinzena dos Realizadores no Festival de Cannes em 2007, e foi um sucesso comercial no verão do mesmo ano. É vendido em todo o mundo, e recolheu importantes prêmios em vários festivais ao redor do mundo, o que fez Labaki conquitar, aclamação, tanto como diretora quanto como atriz, e colocá-la em 10 lugar na Administração da Variety to Watch List, no Festival de Cinema de Sundance. Em 2008, o Ministério francês da Cultura e Comunicação, deu-lhe a insígnia de Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras.

Em 2010, Labaki dirigiu e estrelou seu segundo longa-metragem, “Where Do We Go Now?”, que abordou com humor um assunto delicado, sobre uma vila na qual uma igreja e uma mesquita estavam lado a lado, e onde as mulheres tentavam evitar que seus homens fanfarrões, iniciassem uma guerra religiosa. O filme também estreou no Festival de Cinema de Cannes, na categoria "Un Certain Regard", em 2011. Foi um sucesso internacional, e ganhou o prêmio de escolha do povo Cadillac, no Festival de Cinema de Toronto. 

Também recolheu muitos outros prêmios em festivais ao redor do mundo, como Cannes Film Festival, San Sebastián International Film Festival, Stockholm Film Festival. O filme também foi indicado a melhor filme estrangeiro, no Critics Choice Awards, em Los Angeles.

Como atriz:
Como atriz, ela estrelou em “Stray Bullet” dirigido por Georges Hachem, em 2010. Ela apareceu no papel marroquino da Rocha produção, “The Casbah” dirigido por Laila Marrakchi, ao lado de atores como Hiam Abbas e Lubna Azabal.


Vida pessoal:
Nadine é poliglota, fluente em árabe, francês, Inglês e Italiano. Em 2007, ela se casou com o músico e compositor Khaled Mouzanar.

Filmografia
Como diretora
• Caramel ou Sukkar Banat:  Estreou no Festival de Cannes de 2007. 
• Where Do We Go Now?: Lançado e estreado como parte da seção Un Certain Regard, no Festival de Cannes 2011. 

Como atriz
• Ramad (Ashes): Um curta-metragem de Joana Hadjithomas e Khalil Joreige (2003)
• The 7th Dog: um curta-metragem de Zeina Durra
• Não métrage Libanais (2003): Um curta-metragem de Wissam Smayra; onde ela desempenhou Nina
• Bosta: de Philippe Aractingi; onde ela desempenhou Alia
• Caramel ou Sukkar Banat (2007): Ela desempenhou Layale
• Stray Bullet (2010): Ela desempenhou Noha
• Al Abb Wal Gharib (The Father And The Foreigner): De Ricky Tognazzi (2010)   
• Where Do We Go Now? (2011): Ela desempenhou Amale
• Rock The Casbah (2013)




Jeane Satie Abou Nimry
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário