Presidente do Líbano: “Somos vítimas do Jogo Internacional”


Neste último sábado (24) o presidente libanês, Michel Sleiman, chamou as autoridades libanesas, para o diálogo, e fez um apelo para que todos os partidos, se afastem de interesses regionais, e apenas se dediquem, ao bem do Líbano.

Sleiman disse que o Líbano, é "vítima do jogo internacional."

O presidente também pediu a formação de um novo gabinete, e a retomada das sessões do diálogo nacional.

"Diante dos perigos, que ameaçam o Líbano, eu  chamo a todas as facções, sem qualquer exceção para desassociar o Líbano de interesses regionais, pois devemos colocar os interesses nacionais em primeiro lugar", disse Sleiman.

"A participação no diálogo nacional deve ser feita por todos, sem quaisquer condições previamente estabelecidas", acrescentou.

Segundo o presidente, o diálogo nacional, impedirá divisões entre partidos opostos, que frequentemente entram em conflito, onde se discutirá principalmente a necessidade das coalizões opostas, respeitarem a Declaração de Baabda.

"O colapso do Líbano termina a idéia de coexistência religiosa entre as diferentes seitas e ameaça a presença da diversidade", lamentou o presidente.

O Chefe de Estado ordenou autoridades militares e toda a população para "maximizar o nível de alerta."

"Nós também pedimos aos cidadãos a cooperação com os órgãos de segurança, relatando possíveis atividades suspeitas que possam ameaçar a segurança pública", acrescentou.

Antes de terminar o seu discurso, Sleiman também pediu a figuras políticas e religiosas do país a realizarem discursos com moderação, para evitar conflitos internos.

A declaração do presidente vem um dia depois de duas explosões em Trípoli, que matou pelo menos 30 pessoas e feriu mais de 500.


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário