Canoa Quebrada – Um paraíso no Ceará

Foto: Pablo Javier Villar

Canoa Quebrada é uma praia pertencente ao município de Aracati, no litoral leste do Estado do Ceará, há 166 km de Fortaleza. Sua origem remonta a 1650, e sua paisagem é caracterizada por dunas e falésias avermelhadas, de até 30 m acima do nível do mar. Até os anos 60, a pequena vila era povoada apenas por uma tribo indígena, e alguns pescadores, mas ganhou sua fama, nos anos 70, quando alguns cineastas hippies franceses e cariocas se deslocaram para a região para a gravação do filme “Le Gabruges”. 

Eles acabaram se apaixonando pela beleza paradisíaca do lugar, e pela hospitalidade dos nativos da vila, se fixaram no local, casaram com os nativos e tiveram filhos, o que explica nos dias atuais, os muitos descendentes de suíços, franceses e outros europeus, que compõem os 3 mil habitantes do vilarejo. Hoje, além da paisagem única, as atrações mais procuradas são os mais de 80 excelentes hotéis existentes, e as excursões pelos pontos turísticos da região, além das praias vizinhas, como: Ponta Grossa, Garganta do Diabo, Rio Jaguaribe e o Parque de Dunas e Lagoas. 

Canoa Quebrada parece não conhecer inverno, visto que sua temperatura durante o ano todo varia entre 27 e 30ºC. Canoa Quebrada oferece quilômetros de praias desertas e paradisíacas, que preservam intactos alguns pontos turísticos, de beleza incomum. Alguns dos atrativos na região são: Passeio de jangada, ou a cavalo, ficar em contato com a natureza, passeio de buggy e quadriciclo, voo com parapente, praticar kitesurf, e até aprender capoeira.   

Praia e passeios abrem o apetite, e durante o dia, o prato principal gira em torno de lagostas, peixes, arraias, camarões, ostras e caranguejos. À noite, além de todos estes frutos do mar, muitas outras delícias fumegam nas panelas, onde o turista poderá degustar as maravilhas da cozinha regional, como a carne assada que se derrete a cada garfada, ou o famoso "trio da casa", um prato com lagosta, camarão e peixe, que de tão farto, dá para três pessoas tranquilamente.

Curiosamente, o símbolo de Canoa Quebrada relembra a bandeira do Marrocos, uma das várias lendas contadas pelos nativos, diz que quando os hippies chegaram à Canoa Quebrada, caíram na luxuria das festas noturnas e muita liberdade. Havia entre eles, um marroquino, que arrependido por ter se entregue a tanto pecado, pediu que fosse esculpido nas falésias uma meia lua e uma estrela, como sinal de arrependimento à “Allah”, por todos os seus pecados.



Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário