Governo assumirá segurança em reduto do Hezbollah

Foto: Haitham Moussawi

Forças de Segurança do governo serão enviadas aos subúrbios do sul de Beirute, a partir da próxima semana, para substituir os postos de seguranças criados pelo Hezbollah, no intuito de aumentar a segurança da população da região. 

 A operação de implantação das forças do governo nos subúrbios de Beirute, contará com policiais, com o exército, a segurança geral, e cerca de 2000 homens adicionais, das Forças de Segurança Interna. Esta iniciativa visa à diminuição das crescentes tensões ocorridas na região, após a tomada da segurança e da fiscalização de cidadãos e veículos, por parte do Hezbollah, na tentativa de impedir novos atentados terroristas na área.

Marwan Charbel, Ministro do Interior, acredita que por este ser o objetivo do grupo, ele acredita que o Hezbollah não se oporá em recuar com seus homens, e permitir que as Forças de Segurança do governo libanês, assumam o controle da segurança em toda a região, alegando que a autossegurança não é uma prática aprovada pelo Estado. 

Segundo Mohammad Raad, líder parlamentar do Hezbollah, os moradores do subúrbio ao sul de Beirute, solicitaram segurança e proteção ao governo, por diversas vezes, mas não foram atendidos, e que o próprio ministro Charbel teria dito que o Estado era incapaz monitorar a segurança em todo o país, devido às preocupações com a segurança na fronteira sírio-libanesa, e que aquela região não fazia parte do plano de segurança do Estado.

A Coalizão 14 de Março acusa o Hezbollah de desafiar a autoridade do Estado, através dessa autossegurança, numa tentativa de controlar o país, e que a conivência com tal atitude, poderia mobilizar outros grupos a criarem seus próprios grupos privados de autossegurança em todo o Líbano, em virtude da situação atual que o país enfrenta. 

Entretanto, o Exército libanês, em parceria com outras agências de segurança do governo, vem mantendo suas próprias medidas de segurança no combate a atentados na capital, através de patrulhas de rua, postos de controle, e monitoramento intensivo de veículos e pessoas. E também, inspeção e proibição de veículos estacionarem próximos a igrejas e mesquitas, bem como a emissão de cartões de identificação para os proprietários de veículos, em conjunto com empresas privadas de segurança, em complexos comerciais, para monitoramente e inspeção de veículos.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário