MINISTRO DO LÍBANO APROVA SUGESTÃO DE CHANCELER RUSSO


O Plano da Rússia, para assegurar as armas químicas da Síria, foi elogiado pelo Ministro das Relações Exteriores, Adnan Mansour, que afirmou que qualquer solução pacífica para essa crise, e que evite repercussões negativas, bem como uma guerra, não apenas na região, mas também no Líbano, era muito bem vinda; e que os EUA tinham duas opções: Ir à guerra, ou escolher a paz.

De acordo com o plano sugerido pelo Chanceler russo, Sergei Lavrov, a Síria deveria colocar suas armas químicas sob o controle internacional, e em seguida, livrar-se delas, evitando dessa forma, que Damasco sofra um ataque aéreo por parte dos EUA. 

Sergei afirmou ainda, que algumas nações sugeriram que seus cidadãos estrangeiros evacuassem o território libanês, por medidas de segurança, mas que isso era desnecessário, porque os cidadãos estrangeiros em território libanês, estavam cercados de carinho e atenção, não apenas pelo Estado mas também por suas agências de segurança. 

O Ministro das Relações Exteriores da Síria, Wallid al-Moallem, aceitou a proposta da Rússia de colocar suas armas químicas sob controle internacional para destruição, visando evitar uma intervenção militar ocidental no país. 

A Russia vai trabalhar num plano de ação para colocar em prática sua sugestão, e com ajuda do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, e com a Organização de Proibição de Armas Químicas. 

Em contra partida, as autoridades ocidentais desconfiam que os recentes esforços da Rússia (poderosa aliada de Bashar Al Assad) com o governo da Síria, não passem de manobras políticas para adiar uma intervenção estrangeira em território sírio.


Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário