Patriarca acusa autoridades por morte de libaneses


O Patriarca Maronita Beshara al-Rahi, pediu às autoridades terem lealdade com o país, para evitar conflitos sectários, e acusou os políticos de terem um comportamento destrutível com o Líbano.

"Os políticos devem respeitar o Líbano como um estado e todos os cidadãos igualmente, mantendo a lealdade a pátria”, afirmou o Patriarca durante um sermão, na missa do último domingo.

Ele afirmou que todos devem trabalhar, para resolver crises políticas, econômicas e de segurança do país , além de tentar distanciar o Líbano dos problemas da região.

Al-Rahi disse que a boa convivência é muito importante, e a união entre os libaneses, é o que transformará o Líbano em um país forte. 

O patriarca também demonstrou o seu pesar, pela morte dos libaneses requerentes de asilo, que estavam viajando em um barco que afundou na Indonésia. A embarcação , transportava cerca de 120 pessoas, principalmente da cidade de Kabiit em Akkar . Pelo menos 28 pessoas morreram.

"Eles estavam buscando uma vida melhor, na Austrália, o que eles não poderiam encontrar no Líbano ", disse ele .

Al- Rahi disse que isso tudo se deve a " negligência " das autoridades e líderes políticos.


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
---------------------------------------------------------------------------------------------
“A Gazeta de Beirute
aprova a divulgação e o compartilhamento de suas matérias publicadas, mas repudia toda, e qualquer 
forma maliciosa e 
antiética, de plágio”.
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário