Vistos e documentos

Uma das coisas que as pessoas não pensam logo de inicio, quando decidem morar fora é na quantidade de burocracia que elas terão que enfrentar ao chegar ao seu novo pais. 

Tirando o visto, obrigatório para a maioria dos países, para quem pretende ficar mais de 3 meses, diversos outros documentos são necessários. 

Passaporte - Após definir o local para onde você está indo, onde morar, e a data de partida, essa é a primeira coisa que você precisa providenciar para dar encaminhamento a sua viagem. Com o numero do passaporte você poderá dar entrada na maior parte da documentação daqui para frente. 

Entre no site da Policia Federal, caso esteja no Brasil, e reserve uma data para fazer o seu documento e então providencie os documentos que você precisa levar no dia. No exterior, o passaporte é a sua identificação, mantenha-o sempre num local seguro, e tenha uma cópia dele no seu email. Caso você já tenha passaporte, verifique a validade. Não é permitido sair do país caso o passaporte esteja próximo de expirar (com apenas seis meses de validade). 

Seguro Saúde - Você precisa ter certeza de que nada de ruim vai acontecer, mas isso não é questão de escolha, então sugiro que sempre se adquira um seguro saúde. Quando mudamos de país, o emocional está aflorado, tem muita expectativa envolvida, e ao enfrentar as mudanças de clima, temperatura e o relaxar depois de já estar "de casa nova",  o corpo adoece. 

Não falar inglês direito, e ainda ter que procurar por ajuda médica, não é nada fácil, fora que na maioria dos países, se você não tem um seguro local, os preços para tratamentos de saúde para estrangeiros são exorbitantes. Então é importante que você tenha um seguro, pelo menos para os primeiros meses, ou no caso de alguns países como a Austrália, você precisa estar segurado durante todo o período em que você for estudar. 

Conta em banco - Logo que você chegar, já estiver estabilizado, e começar a pensar em procurar emprego, irá precisar abrir uma conta no banco, para receber o salário. Ou mesmo pra receber, e manter, o dinheiro que sua família mandar, caso você precise. Grande parte dos bancos têm convênios com escolas, então verifique com a sua escola/universidade, quando as aulas começarem. A própria escola ajuda na abertura da conta, e normalmente, as taxas são mais baixas. 

Número de registro - Para trabalhar no exterior, você precisa ter um número de registro nacional, ele é necessário para que o seu empregador pague os impostos para o governo, e um valor que será destinado para a sua aposentadoria, no caso de você se tornar residente permanente no país. Na Inglaterra ele é chamado de “Insurance Number”, na Austrália, de “Tax File Number”, em cada país ele se denomina de uma forma diferente.

Descubra no consulado o nome desse registro no país em que você está, e como a aplicação deve ser feita. Cada país tem suas próprias regras, e você precisa verificar com o consulado, a necessidade de algum outro. Estes são, geralmente, os principais, e que grande parte das pessoas irão precisar. 
Boa sorte e boa viagem!

Rafael dos Santos
Autor do livro: “Moving Abroad, one step at a time”.
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário