Conhecendo a Austrália III - Faca você mesmo!


Nos supermercados da Austrália, há sempre um caixa em que você mesmo pode passar suas próprias compras. Há uma fila única e vários guichês, onde você passa o produto para a leitura do código de barra, e em seguida, coloca o produto na sacola. 

E também escolhe os produtos que não tenham código de barras, como frutas e verduras, numa tela em ordem alfabética, e aí a balança já pesa na mesma hora suas frutas, verduras e legumes.
Ou você mesmo digita a quantidade de bananas que comprou, por exemplo, e a máquina calcula pra você o valor a ser pago. 

As sacolas plásticas ficam ao lado, mas você pode levar sua própria, ou uma mochila, e escolher na máquina, que você trouxe a sua, senão a maquina fica gritando sem parar, para você colocar o produto numa sacola. 

A vantagem de fazer isso tudo, é que normalmente, não tem fila, já que tem vários "caixas independentes", e você  leva o tempo que quiser. No fim, escolhe a forma de pagamento, e coloca o seu cartão, ou dinheiro, e a máquina devolve seu troco certinho, se necessário. Ao pagar, você também pode sacar dinheiro, o que é uma vantagem, se você ainda teria que passar no banco. Ou seja, a vida fica mais fácil. 

Eu nem lembrava que essas máquinas eram um diferencial, porque aqui em Londres, onde moro há tanto tempo, também é assim, e a gente acaba esquecendo que é uma novidade. 

Assim como ir ao caixa da maioria das restaurantes, pegar o cardápio você mesmo, escolher o que quer comer, e na sequência, retornar ao caixa para pedir e já pagar a comida. Depois o cliente se dirige ao bar, que é ao lado, e paga a bebida desejada, separadamente também. O cliente recebe um número, onde ele é alertado para buscar o prato, e então, ele pega os talheres, guardanapos e molhos desejados. 

Isso acontece em alguns restaurantes do Brasil também, mas normalmente, não num almoço ou jantar. Então, já sabe se for a um legitimo PUB australiano, ou inglês, para fazer uma refeição, prepare-se para trabalhar um pouquinho no sistema self service.



Rafael dos Santos - Autor do livro: “Moving Abroad, one step at a time”.
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário