EUA espionava os telefones de 34 líderes mundiais

Foto: Dreamstime

Os EUA monitoravam os telefones de 35 líderes mundiais, de acordo com um documento da NSA (Agência Nacional de Segurança dos EUA), fornecido por Edward Snowden ao jornal britânico “The Guardian”

Os nomes dos líderes mundiais não estão especificados no documento de 2006, e o acesso aos cerca de 200 números telefônicos dos líderes, forneceu “poucas informações de inteligência”, uma vez que os números, aparentemente, não eram usados para discussões de assuntos sensíveis.

No entanto, esses números forneceram pistas, para outros telefones que viraram alvos depois, aponta o documento. O documento deve reacender preocupações sobre o esquema de vigilância da NSA, incluindo o monitoramento de líderes políticos. 

Oficiais da Alemanha afirmaram na última semana, que as agências dos EUA, podem ter espionado o celular da chanceler alemã, Ângela Merkel. Também surgiram informações, de que os EUA “hackearam”, o servidor de e-mail do Ex-Presidente mexicano, Felipe Calderon, enquanto ele estava no exercício de seu cargo, e o governo americano ainda espionou, a Presidente brasileira, Dilma Rousseff.

As recentes notícias fizeram com que alguns países tomassem medidas sobre o assunto, como o Brasil, que busca a aprovação do Marco Civil da Internet, entre outras cosias.

De acordo com reportagem do “The Guardian”, que cita documentos da NSA, a agência de segurança dos EUA tinha acesso há cerca de 200 números telefônicos, de líderes do mundo todo. O Presidente americano ainda não se manifestou sobre o assunto, especialmente, após a cobrança do governo francês.


Therese Mourad
Gazeta de Beirute

Fonte: The Guardian e Reuters
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário