Hariri: “Os assassinos de Wissam Al Hassan serão punidos”

Foto: mwcnews

Saad Hariri prometeu que os assassinos do General Wissam Al- Hassan, Chefe da Força de Inteligência das Forças de Segurança Internas morto em um carro-bomba há um ano, serão punidos mais cedo ou mais tarde.

Durante o aniversário de um ano do assassinato do General Hassan, o Ex Primeiro Ministro, Saad Hariri, que já vive no exterior há mais de dois anos por medidas de segurança, disse em uma entrevista à Future TV, que em breve ele retornará ao Líbano. 

Hariri afirmou que o atentado que tirou a vida do general, acabou por adiar o seu retorno, mas que ele vai voltar, embora ele saiba que muitos não querem a sua volta. Ele disse que vai voltar, e que deseja que o Líbano volte a ser como era, quando Wissam Al Hassan, Pierre Amin Gemayel, seu pai, e outros mártires da Revolução do Cedros ainda eram vivos, e como eles gostariam que o Líbano fosse.   

Hariri disse que Hassan foi assassinado em virtude de sua crença na trajetória de seu pai, Rafik Hariri, e pelo sucesso obtido no serviço de inteligência, na descoberta da rede terrorista liderada por Michel Samaha e Ali Mamlouk, e pela descoberta de várias redes de espionagem de Israel no país, bem como planos terroristas a serem executados dentro do Líbano.

Ele afirmou ainda, que da mesma forma que foi solicitado um Tribunal Especial para o Líbano, para investigar o assassinato de seu pai, ele também deseja, que a justiça seja feita aos assassinos do General Hassan, porque ele acredita e confia no tribunal, e os assassinos de Hassan serão revelados e punidos, não importa quando, porque esse crime ultrapassou diversas linhas vermelhas.  

"Nós sabemos quem são seus amigos e quem o matou, e eles serão punidos mais cedo ou mais tarde, embora eles se sintam muito fortes hoje", disse Hariri.  

O Ex- Ministro da Informação, Michel Samaha, um aliado de longa data da liderança síria, juntamente com o oficial da Inteligência síria, Ali Mamlouk, foram acusados por um juiz militar libanês no ano passado, por conspiração, e por planejarem diversos ataques terroristas, e assassinatos, contra personalidades notórias no Líbano.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário