Juiz agredido por soldados em Shiyah

Foto: AFP

O Tribunal Militar ordenou a detenção de três soldados de um posto de controle de Shiyah, subúrbio de Beirute, na noite da última terça-feira (1), pelo desacato de agressão à autoridade.

Os soldados estão sendo interrogados, sobre o suposto espancamento do Juiz Bilal Bar no referido posto de controle militar na segunda-feira (30/09).

O magistrado foi detido pelos soldados, no posto de controle de Shiyah, por estar dirigindo um veículo com insulfilm G5 nos vidros, película totalmente ilegal, e sem a permissão especial do Ministério do Interior.

Badr supostamente teria se recusado a encostar seu veículo, alegando ser juiz, porém ele não portava a licença emitida pelo Ministério do Interior para usar o insulfilm, e não portava também, a licença para a arma que estava carregando.  

Os soldados, no cumprimento de seu dever, detiveram o veículo e abordaram o juiz antes de liberá-lo, no entanto, após a liberação, Badr se dirigiu ao Tribunal Militar para apresentar queixa contra o procedimento dos soldados para com ele.  

Na terça-feira, dezenas de magistrados protestaram na porta do Palácio da Justiça, contra o suposto ataque ocorrido contra o Juiz Bilal Badr, acusando os soldados militares de desacato e agressão à autoridade.

Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário