Segundo maior diamante do mundo, no Líbano


O Museu Robert Mouawad é tanto uma bela casa, quanto um repositório de grandes peças de jóias e antiguidades. Originalmente, a casa de Henri Pharaon que acumulou uma grande coleção de objetos sírios e turcos, entre outros, foi comprado por Robert Mouawad e restaurada para o museu. 

A coleção inclui grandes porcelanas chinesas, peças gregas e romanas, cerâmica islâmica, carpetes, azulejos, livros e , claro, jóias da coleção de Robert Mouawad. Tudo isso com adornos decorativos nas paredes e tetos, com características arquitectonicas árabes.

Mas o mais incrível, é que o segundo maior diamante do mundo inteiro, que era de 995,2 quilates quando bruto, está lá em exibição. 
Assista o vídeo para vê-lo:


O museu está aberto desde as nove da manhã até as cinco horas. Se você estiver perto do Hotel Phoenicia é uma caminhada de dez minutos. É proibido tirar fotos lá dentro. O pátio exterior também é muito bonito, vale a pena conhecer.

Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário