Vídeo de tropa do Hezbollah vaza na net e causa indignação

Foto: elminieh

Na última semana, um vídeo veiculado na internet, mostrando uma execução sangrenta, de rebeldes sírios gravemente feridos, por combatentes do Hezbollah, provocou indignação, e ameaça agravar as tensões sectárias no Líbano, onde as facções pró e contra o regime sírio, já são fervorosamente divididas.

O vídeo mostra homens armados e fardados, e pelo menos um deles, com a braçadeira amarela do partido xiita, arrastando vários homens feridos e ensanguentados de dentro de uma SUV, e atirando-lhes de forma impiedosa. 

Os homens, que aparecem falando árabe, no dialeto libanês, aparecem nos 40 segundos do vídeo, afirmando estar cumprindo com seus deveres e não se vingando. E outros gritam: “Porque o amor de Deus, por amor de Deus”. A autenticidade do vídeo, bem como a localização do ocorrido, não pôde ser confirmada, e Hezbollah se recusou a comentar o vídeo.

De acordo com o Jornal Al-Arabiya, o vídeo foi gravado, durante a batalha de Qusayr, onde as tropas sírias capturaram os rebeldes, na cidade fronteiriça, com o apoio do Hezbollah, no início do ano.     

Os conflitos internos entre sunitas e xiitas, eclodidos e intensificados, crescentemente, desde o início da guerra na Síria, causam temor de que uma nova guerra civil se instale no país, a imprensa libanesa, propositalmente, evitou divulgar e comentar o vídeo, por não serem capazes de identificar a localização, a data, e os envolvidos, e também para evitar aumentar as tensões entre os grupos de oposição, dentro do país. 

No entanto, o vídeo circulou livre, e popularmente, nas redes sociais, provocando indignação no Twitter e no Facebook, onde diversos usuários compararam o Hezbollah, aos grupos rebeldes radicais sunitas, famosos por suas atrocidades. "Entre os salafistas jihadistas sunitas, e os jihadistas fundamentalistas xiitas, nós realmente temos que vigiar nossas costas", escreveu no Facebook, Mustafa Fahas. "Hediondo e repugnante", postou no Twitter, Angie Nassar. 


O vídeo que se tornou viral, pode ser assistido aqui: 



Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário