Georgina Rizk

Fonte: facebook/georginarizk

Georgina Rizk, nascida no dia 23 de julho de 1953, pertencia a uma família cristã de Beirute, e começou sua carreira de modelo muito cedo, aos 14 anos de idade.

Quando descoberta, o produtor enxergou grande potencial na adolescente e a colocou no mundo dos concursos de beleza. Georgina, ainda muito nova, submeteu-se a uma dieta rigorosa, aulas de postura, de dança, maquiagem e passarela, para competir em pé de igualdade com as demais participantes.

Em pouco tempo, ela já estava trabalhando como modelo profissional no pequeno e limitado mercado de moda de Beirute. Em 1970, inscreveu-se num concurso local de beleza, 'Miss Television', e venceu; em seguida, mas em 1971, foi eleita Miss Líbano.

No mesmo ano, 1971, viajou para Miami para disputar o Miss Universo pela segunda vez. Pela sua primeira participação no evento não ter recebido muito destaque, ela chegou desapercebida para a sua segunda participação.

Após exibir seu maravilhoso corpo em roupas que exibiam um estilo árabe, começou a chamar a atenção de todos e a ser considerada uma séria candidata ao título.

Na grande final, entre as Top 5, com Austrália, Finlândia, Porto Rico e Brasil, Georgina foi coroada a primeira Miss Universo libanesa, representante do Oriente Médio.

Após o título de Miss Universo e todas as homenagens, fama e dinheiro que ela recebeu em decorrência disso, a sua personalidade, com demonstrações de desinteresse por assuntos de política e com declarações polêmicas sobre sexo, recebeu muitas críticas na época, mas nada que a fizesse perder o seu sorriso.

Em 1972, no ano seguinte a sua coroação como Miss Universo, o concurso foi realizado pela primeira vez fora dos Estados Unidos, em Dorado, Porto Rico. 

Neste evento, a sua presença foi impedida pelo governo libanês, temeroso de um ataque terrorista contra ela. Este receio foi causado por um atentado terrorista ocorrido dois meses antes em frente ao hotel em que se hospedava a Miss dos Estados Unidos, Tanya Wilson. Além disso, havia ocorrido um outro ataque ao Aeroporto Internacional de Tel Aviv, em Israel, que causou a morte de 22 turistas porto-riquenhos, pouco tempo antes do concurso também. 

Rizk também teve um início de carreira no cinema, fazendo filmes locais. 

Grávida de seis meses, ela ficou viúva do primeiro casamento, com Ali Hassan Salameh, um militante árabe que foi assassinado pelo Mossad em 1979. Atualmente, Georgina Rizk é casada com o famoso cantor libanês Walid Toufic.


Saeb Osman
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário