Hezbollah afirmou que 14 de Março quer tentar justificar ataques terroristas


O Hezbollah emitiu um comunicado nessa última semana, para que todos os grupos políticos rivais respondam ao chamado do Presidente para o Diálogo Nacional. O Hezbollah ainda falou que a Coalizão 14 de Março, tem justificado os atos terroristas no Líbano, pela presença do grupo xiita na Síria.

" A fim de desenvolver uma visão nacional, abrangente para unir os libaneses todos devem participar do Diálogo Nacional, para construir um Estado forte, adotar uma estratégia de defesa nacional, proteger a sua soberania (...) e investir em seus recursos para fortalecer o país”, disse o Membro do Parlamento, Hassan Fadlallah.

"Fornecer desculpas para ataques terroristas é um dos meios mais maliciosos e perigosos para uma guerra suave", acrescentou.

" Tal abordagem, tenta justificar os crimes dos terroristas, e preparar as pessoas, para gradualmente, estarem sujeitos às suas condições ", afirmou.

A coalizão 14 de Março do ex-primeiro ministro, Saad Hariri, disse que o duplo atentado suicida contra a embaixada iraniana em Beirute, deve fazer com os que os grupos (referindo-se ao Hezbollah), reconsiderem a interferência militar na Síria. Para o Hezbollah essa afirmação soou como uma ameaça.

Condenando o ataque contra a embaixada iraniana, o Hezbollah descreveu os atentados suicidas como " uma prova clara da identidade dos planejadores e executores que estão fazendo um serviço para os sionistas, assassinando sem um propósito, e incitando conflitos em países árabes e muçulmanos".

Ele também disse que era uma tentativa desesperada, que só revelou o nível "de confusão nas fileiras desses empreiteiros que fazem esses serviços", dizendo que tais ataques não mudaria a realidade local ou regional.

O Hezbollah também acusou grupos takfiri  (extremistas), de estarem por trás de dois carros-bomba no subúrbio ao sul de Beirute, no início deste ano. E ressaltou que os novos atentados da última semana que matou 25 pessoas, incluindo um diplomata iraniano e feriu mais de 150 pessoas, foram ataques da mesma autoria.


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário