Paz na Siria : sem data marcada


A guerra civil síria, iniciada no mês de março de 2011 e de acordo com a organização não governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos, já vitimou mais de 120.000 pessoas, foi assunto novamente nesta semana. Mais uma vez, a tentativa para colocar fim ao conflito fracassou. 

Em uma conferência realizada em Genebra e após reuniões do emissário especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, o argelino Lakhdar Brahimi, com representantes da Rússia e dos Estados Unidos, foi declarado que não ficou agendada qualquer data para a conferência para a paz na Síria, intitulada "Genebra 2".

Várias vezes adiada, a conferência de paz sobre a Síria "Genebra 2" é uma iniciativa da ONU, Rússia e dos Estados Unidos para tentar garantir uma solução política para a guerra civil, através de negociações diretas entre o Governo de Damasco e a oposição.

Segundo Lakhdar Brahimi, foi concluído que ainda não estão reunidas as condições necessárias para convocá-la com vista a um processo de paz naquele país em virtude da falta de um consenso na formação de uma representação da oposição síria para a conferência.

As três partes, o emissário Lakhdar Brahimi e os representates da Rússia e Estados Unidos, concordaram em voltar a se encontrar em uma quarta conferência preparatória em 25 de novembro para  discutirem se as condições para a Genebra 2 foram alcançadas.

A expectativa a partir de agora, é que os diferentes grupos de oposição, que devem se reunir nos próximos dias 9 e 22/11, consigam chegar a um acordo que possibilite a formação de uma representação. Os diferentes grupos sírios da oposição estão conversando entre si.

O mediador espera que a oposição síria e o regime do presidente Bachar Al Assad esteja presente com "uma delegação credível".


Saeb Abou Osman
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário