Jornais libaneses condenam agressão contra jornalistas


Diversos jornais libaneses condenaram o ataque brutal da alfândega contra a equipe do programa “Assuma Sua Responsabilidade”, do canal Al Jadeed, na manhã da última quarta-feira, 27 de novembro. 
O jornal Al Safir manifestou sua condenação ao ataque com a chamada “Rejeitamos ataques formais”

“Não aceitamos, toleramos ou perdoamos o que aconteceu com os colegas do canal Al Jadeed”, afirmou o texto publicado.

 O jornal condenou a conduta dos oficiais de segurança em relação aos meios de comunicação, especialmente com os que trabalham no ramo investigativo. Segundo o jornal, a violência não é digna do Estado, das suas instituições e de sua segurança.

O jornal Al Akhbar destacou que o ataque não foi somente aos jornalistas, mas a todo o Estado, enfatizando as leis de direitos do cidadão e as leis de valores e moral. 

“Nada justifica a violência contra qualquer cidadão desarmado e inofensivo, principalmente, contra um jornalista que trabalha na investigação de casos de corrupção, e além disso quando se trata de agressão física, é um absurdo falar sobre razões”, acrescentou o jornal.

O texto ainda questionava se serão tomadas as devidas providências. 

O jornal Al Mostaqbal publicou, na primeira página, a manchete:

“Contrabando no aeroporto e no porto de Beirute, e a Alfândega ataca jornalistas"

O texto alegou que as autoridades oficiais do Líbano impediram, mais uma vez, a detenção de um longo caminho de contrabando praticado pelas forças que regem os serviços públicos, através de espancamento,  agressão e humilhação dos colegas do canal Al Jadeed, durante sua missão de chamar a atenção para o desvio de dinheiro – um fato de interesse público. 

O jornal Al Anbee, viu a violência como um ataque contra a liberdade de expressão, que é direito do ser humano, destacando que esse comportamento não é digno de autoridades oficiais. “Quem deveria proteger e defender, agrediu”, afirmava o artigo. Para o jornal, os alfandegários deveriam agradecer a equipe do programa pela descoberta de contrabando realizada no aeroporto de Beirute.

O jornal Al Liueh afirma que é possível compreender a reação de um homem, na rua, exposto a insultos, mas que tem o direito de se defender. Porém, um funcionário público deve ser um exemplo em seu papel de manter a ordem pública. 

Por fim, o jornal Al Balad destacou também, que condena o ataque:

“Agora, nesse país, temos assaltos, roubos, agressão e repressão, sem Alfândega.”

O cartunista do jornal, Stavro Jabra, expressou suas palavras com uma caricatura de uma arma apontada contra a caneta. 


Therese Mourad
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comments:

  1. Hola amigos, estoy tan feliz hoy porque ahora puedo pagar mis cuentas y también hacer negocios y ayudar a mi familia, acabo de recibir mi préstamo y fue muy rápido. usted puede obtener el suyo también si necesita un préstamo por correo electrónico a través de: williamsloans6@yandex.com, whatsapp en +1 (214) 305-8945

    ResponderExcluir